2023: os melhores do ano

cemitério do esplendor
9 min readDec 30, 2023

Três anos. Esse é o tempo desde a última vez em que abri o Medium para escrever a lista de melhores do ano. De lá pra cá, muita coisa aconteceu, algumas mudaram, outras ficaram iguais (não de modo negativo, mas com uma conotação pra lá de positiva), experimentei novas experiência, sorri, chorei, até arrisco dizer - sem muitos detalhes - que fui ao fundo do poço e voltei pronto pro que der e vier. Se 2020 foi depressivo, os dois anos seguintes foram, pessoalmente, um teste pra ver até onde eu conseguiria ir. Por isso mesmo agradeço a toda ajuda e conforto daqueles que estiveram ao meu lado nessa caminhada cheia de tropeços e passos em falsos que me levou até aqui, até dia 30 de dezembro de 2023, um ano que me fez resgatar tudo o que perdi e me deu coragem pra seguir em frente em direção a um novo dia, deixando a luz do sol entrar para um novo momento da minha vida. Desde já, feliz ano novo e inúmeras coisas boas para todos que estão lendo aqui. E obrigado por continuarem lendo e acompanhando as coisas que posto em todos os meus portais.

Enfim, passado esse momento mais intimista, vamos a lista.

No mais, as cláusulas continuam as mesmas: serão considerados apenas os filmes lançados no Brasil em 2023, seja cinema, streaming ou até mesmo por festival (mesmo que eu não tenha visto eles em um). PORÉM, assim como em 2022, esse ano irei burlar essas regras para dá uma chance a alguns filmes que não vi no timing certo do lançamento brasileiro, mas ainda estão dentro do tempo-limite que estabeleço para as listas (no máximo, obras lançadas dois anos antes do atual). E claro, aquelas que nem tiveram algum tipo de lançamento fora do seu país de origem e estreou dentro do prazo estabelecido para ser contabilizado também serão validados. Antes do ranking principal, segue abaixo alguns tops alternativos que englobam coisas que vi ou ouvi durante o ano:

Os 5 melhores álbuns de 2023:

  1. The Age of Pleasure, da Janelle Monáe
  2. The Land Is Inhospitable and So Are We, da Mitski
  3. GUTS, da Olivia Rodrigo
  4. The Loveliest Time, da Carly Rae Jepsen
  5. My Angels, da Steph Wall

Menções honrosas: Gag Order, da Kesha; WEEDKILLER, da Ashnikko; Speak Now (Taylor’s Version), da Taylor Swift

Os 5 melhores álbuns “não-lançamentos” de 2023:

  1. Brand New Eyes, do Paramore
  2. Tidal, da Fiona Apple
  3. Bury Me At Makeout Creek, da Mitski
  4. The Loneliest Time, da Carly Rae Jepsen
  5. how i’m feeling now, da Charli XCX

Melhores Singles de 2023: What Was I Made For?, da Billie Eilish; Houdini e Dance the Night, da Dua Lipa; Vampire, da Olivia Rodrigo

Os 10 piores filmes de 2023:

  1. A Baleia (The Whale, 2022, Darren Aronofsky)
  2. Oppenheimer (idem, 2023, Christopher Nolan)
  3. Indiana Jones e o Chamado do Destino (Indiana Jones and the Dial of Destiny, 2023, James Mangold)
  4. Triângulo da Tristeza (Triangle of Sadness, 2022, Ruben Östlund)
  5. Império da Luz (Empire of Light, 2022, Sam Mendes)
  6. O Exorcista - O Devoto (The Exorcist: Believer, 2023, David Gordon Green)
  7. The Flash (idem, 2023, Andy Muschietti)
  8. O Menu (The Menu, 2022, Mark Mylod)
  9. Five Nights at Freddy’s- O Pesadelo sem Fim (Five Nights at Freddy’s, 2023, Emma Tammi)
  10. Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania (Ant-Man and the Wasp: Quantumania, 2023, Peyton Reed)

Assim como ocorreu em 2021, ano passado e irá acontecer nas próximas listas, alguns filmes acabam chegando de surpresa ou até de forma anunciada no ano seguinte e repetir suas posições na lista acaba sendo repetitivo demais. Em contrapartida, quem trabalha consumindo cinema não é uma máquina e, portanto, nem sempre consegue ver no mesmo timing muitas das obras que almeja. Por isso mesmo, abaixo eu deixo tanto algumas das produções que foram desconsideradas para lista principal por figurar no ranking de 2022 e algumas que provavelmente só estarão presentes nos melhores de 2024:

Desconsiderados: Os Fabelmans (The Fabelmans, 2022, Steven Spielberg), Pearl (idem, 2022, Ti West), Skinamarink: Canção de Ninar (Skinamarink, 2022, Kyle Edward Ball), Medusa (idem, 2022, Anita Rocha da Silveira)

Não-assistidos: Anatomia de Uma Queda (Anatomie d’une Chute, 2023, Justine Triet), Feriado Sangrento (Thanksgiving, 2023, Eli Roth), Master Gardener (2022, Paul Schrader), Bái tǎ zhī guāng (The Shadowless Tower, 2023, Zhang Lu), Zona de Interesse (The Zone of Interest, 2023, Jonathan Glazer), Allensworth (idem, 2022, James Benning), Wonka (idem, 2023, Paul King), Kaibutsu (Monster, 2023, Hirokazu Kore-eda), Gojira Mainasu Wan (Godzilla Minus One, 2023, Takashi Yamazaki), Perfect Days (2023, Win Wenders), Em Nossos Dias (Uliui halu, 2023, Hong Sang-soo), Maestro (idem, 2023, Bradley Cooper), Vidas Passadas (Past Lives, 2023, Céline Song), Folhas de Outono (Kuolleet lehdet, 2023, Aki Kaurismäki), Culpa e Desejo (L’été dernier, 2023, Catherine Breillat), Fechar os Olhos (Cerrar los ojos, 2023, Víctor Erice), Le mur des morts (2022, Eugène Green)

E, enfim, vamos aos 45 melhores filmes do ano:

45. Babilônia (Babylon, 2022, Damien Chazelle)

Texto no Letterboxd

44. Fantasma e CIA (We Have a Ghost, 2023, Christopher Landon)

Comentário no Letterboxd

43. Barbie (idem, 2023, Greta Gerwig)

Texto no Letterboxd

42. Que Horas Eu Te Pego? (No Hard Feelings, 2023, Gene Stupnitsky)

Comentário no Letterboxd

41. Belas e Recatadas (Polite Society, 2023, Nida Manzoor)

40. Sede Assassina (To Catch a Killer, 2023, Damián Szifron)

39. A Maravilhosa História de Henry Sugar (The Wonderful Story of Henry Sugar, 2023, Wes Anderson)

Comentário no Letterboxd

38. Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes (Dungeons & Dragons: Honor Among Thieves, 2023, John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein)

Comentário no Letterboxd

37. The Souvenir: Part II (idem, 2021, Joanna Hogg)

Comentário no Letterboxd

36. Ela Disse (She Said, 2022, Maria Schrader)

35. Raquel 1:1 (idem, 2022, Mariana Bastos)

34. Priscilla (idem, 2023, Sofia Coppola)

Comentário no Letterboxd

33. Walk Up (tab, 2022, Hong Sang-soo)

Comentário no Letterboxd

32. Coma (idem, 2022, Bertrand Bonello)

Comentário no Letterboxd

31. TÁR (idem, 2022, Todd Field)

Texto completo no Supercuts

30. O Assassino (The Killer, 2023, David Fincher)

Comentário no Letterboxd

29. A Noite das Bruxas (A Haunting in Venice, 2023, Kenneth Branagh)

Comentário no Letterboxd

28. Boogeyman: Seu Medo é Real (The Boogeyman, 2023, Rob Savage)

Comentário no Letterboxd

27. Assassinos da Lua das Flores (Killers of the Flower Moon, 2023, Martin Scorsese)

Comentário no Letterboxd

26. EO (IO, 2022, Jerzy Skolimowski)

25. Padre Pio (idem, 2022, Abel Ferrara)

Comentário no Letterboxd

24. A Morte do Demônio: A Ascensão (Evil Dead Rise, 2023, Lee Cronin)

Comentário no Letterboxd

23. Asteroid City (idem, 2023, Wes Anderson)

Comentário no Letterboxd

22. Homem-Aranha: Através do Aranhaverso (Spider-Man: Across the Spider-Verse, 2023, Joaquim Dos Santos, Justin K. Thompson e Kemp Powers)

Texto no Letterboxd

21. Decisão de Partir (Heojil gyeolsim, 2022, Park Chan-wook)

20. Aftersun (idem, 2022, Charlotte Wells)

19. Showing Up (idem, 2022, Kelly Reichardt)

18. The Caine Mutiny Court-Martial (idem, 2023, William Friedkin)

Comentário no Letterboxd

17. Crescendo Juntas (Are You There God? It’s Me, Margaret., 2023, Kelly Freemon Craig)

Comentário no Letterboxd

16. Clube da Luta para Meninas (Bottoms, 2023, Emma Seligman)

Comentário no Letterboxd

15. Roda do Destino (Gūzen to sōzō, 2021, Ryusuke Hamaguchi)

Comentário no Letterboxd

14. O Silêncio da Vingança (Silent Night, 2023, John Woo)

Comentário no Letterboxd

13. Shin Kamen Rider (Shin kamen raidā, 2023, Hideaki Anno)

Texto no Letterboxd

12. Batem à Porta (Knock at the Cabin, 2023, M. Night Shyamalan)

Comentário no Letterboxd

11. Na Água (mul-an-e-seo, 2023, Hong Sang-soo)

10. Missão: Impossível - Acerto de Contas Parte 1 (Mission: Impossible — Dead Reckoning Part One, 2023, Christopher McQuarrie)

Texto completo no Medium

9. Afire (Roter Himmel, 2023, Christian Petzold)

Comentário no Letterboxd

8. Capitu e o Capítulo (idem, 2021, Júlio Bressane)

7. O trio em mi bemol (idem, 2022, Rita Azevedo Gomes)

Comentário no Letterboxd

6. Shin Ultraman (Shin Urutoraman, 2022, Shinji Higuchi)

Comentário no Letterboxd

5. Sem Ursos (Khers Nist, 2022, Jafar Panahi)

4. O Melhor Está Por Vir (Il sol dell’avvenire, 2023, Nanni Moretti)

Comentário no Letterboxd

3. John Wick 4: Baba Yaga (John Wick: Chapter 4, 2023, Chad Stahelski)

Texto no Letterboxd

2. Segredos de um Escândalo (May December, 2023, Todd Haynes)

Texto no Letterboxd

1. Mato Seco em Chamas (idem, 2022, Adirley Queirós e Joana Pimenta)

Antes de encerrar a lista, simplesmente não posso deixar de fazer uma menção honrosa a Succession, especialmente a última temporada lançada em 2023, mostrando as últimas maquinações para decidir quem ficaria com o legado da Waystar, exorcizando os traumas da família Roy enquanto mostra a ascensão e a queda de um império naquela que é a melhor obra audiovisual estadunidense do ano - especialmente o terceiro episódio, ambientado no casamento de Connor Roy.

Um feliz ano novo a todos!

--

--